Nos siga nas redes sociais

Processo 01/2017        

14º CAMPEONATO GOIANO DAS ESCOLAS DE FUTEBOL 2017

Jogo: Independência X Fluminense

Categoria: Sub-14

Indiciados: Escola Independência;

                    Pablo Martins da Silva (nº 25, Independência);

                    Khawan Mady Silva (nº 21, Independência);

 

 

Relátorio Árbitro

Aos 06 dias do mês de maio de 2017, às 09:00h, Independência e Fluminense se enfrentaram no Campo Agrobanco pela 7ª Rodada do Campeonato Goiano das Escolas. Aos 22 minutos do 2º Tempo, relata o árbitro da partida Sr. Cleyton Pereira que expulsou diretamente o atleta de nº 21 do Independência Sr. Khawan Mady Silva, por pisar nas costas do atleta adversário Sr. Arthur Cavalcante (nº 6 do Fluminense), fora da disputa de bola.

Acontece que após levar o pisão, o atleta do Fluminense foi em direção ao Sr. Khawan, autor da agressão, e o empurrou, momento este que iniciou uma pequena confusão entre os atletas das duas equipes sendo condita pelo árbitro.

Quando o árbitro iria reiniciar a partida o Sr. Pablo Martins da Silva, nº 21 do Independência, chutou a bola com muita força propositalmente no árbitro, acertando as pernas. Assim, foi aplicado o cartão vermelho diretamente ao jogador. Após ser expulso, o Sr. Pablo foi em direção ao árbitro, pisando no seu pé, encarando rosto a rosto e dizendo as seguintes palavras: ‘‘você é um bosta, você acha que tenho medo de você?! Você é um merda’’.  Posteriormente, o Treinador do Independência Sr. Igor Bueno entrou em campo para tirar o atleta, porém neste momento um torcedor do Independência, indentificado como pai do Sr. Khawan Mady, invadiu o campo e foi em direção ao árbitro, o agredindo com um empurrão e dizendo as seguintes palavras: ‘‘vou te dá um murro na cara, seu safado’’.

Por fim, o árbitro informa que a torcida do Fluminense e os treinadores do Independência conteve a confusão e por falta de segurança encerrou a partida.

 

 

Extrato do julgamento:

 

  1. Discutida e votada a matéria, por 3 a 0, fica a partida entre Independência e Fluminense na categoria Sub-14, encerrada por 1x1, mas a pontuação será dada ao Fluminense como uma (01) vitória por 3 x 0, fazendo valer o Regulamento Geral de Competições 2017 da CBF em seu artigo 20, III que estabelece:

 

‘‘Artigo 20- Quando a partida for suspensa por quaisquer dos motivos previstos no art. 19 (I – falta de segurança) deste RGC, assim se procederá após julgamento do processo correspondente pelo STJD:

III - se a partida estiver empatada, o clube que houver dado causa à suspensão será declarado perdedor, pelo escore de três a zero (3 a 0)’’.

 

No caso em tela a partida foi encerrada aos 22 minutos do 2º Tempo, sendo que o tempo máximo é 30 minutos, assim haviam sido jogados mais de 85% da partida. Como os atletas e torcedores do Independência deram causa ao tumulto da partida, o artigo 22 do Regulamento Geral da CBF é bem claro que não deve a partida deverá ser encerrada, sem necessidade de marcar outra partida. O placar seria mantido, mas como houve responsabilidade de um dos clubes na paralização da partida, devemos obedecer o artigo 20º.

 

‘‘Art. 22 - As partidas que forem interrompidas após os trinta (30) minutos do segundo tempo pelos motivos relacionados no art. 19 deste RGC serão consideradas encerradas prevalecendo o placar daquele momento, desde que nenhum dos clubes tenha dado causa ao encerramento.’’

 

  1. Discutida e votada a matéria, por 3 a 0, fica a Escola Independência punida com a perda de 02 (dois) mando de campos, com fundamento nos artigos 213 do CBJD.
  2.  Discutida e votada a matéria, por 3 a 0, fica o atleta Sr. Khawan Mady Silva punido com suspensão de 06 (seis) jogos, pelos artigos 243-C, 254 e 257, §1º do CBJD, mais aplicando as atenuantes do artigo 180, I, IV do CBJD as penas serão reduzidas pela metade (art. 182) ficando assim o atleta suspenso por 03 (três) partidas contando com a suspensão automática.
  3. Discutida e votada a matéria, por 3 a 0, fica o atleta Sr. Pablo Martins da Silva punido com suspensão de 06 (seis) jogos, pelos artigos 243-D, 254-A, §3º, 258 do CBJD, mais aplicando as atenuantes do artigo 180, I, IV do CBJD as penas serão reduzidas pela metade (art. 182) ficando assim o atleta suspenso por 03 (três) partidas contando com a suspensão automática.
  4.  

Por fim, essa Comissão Disciplinar decide aplicar a vitória de W.O do Fluminense contra o Independência na Categoria Sub-16.

 

 

Goiânia, 16 de maio de 2017.

 

Raphael M. Rezende

Pres. Comissão Disciplinar 14º Campeonato Goiano das Escolas

Estrada 113, Chácara 284 - Bairro São Joaquim
Goiânia - Goiás CEP: 74470-210
Fone: (62) 3297-1474

s

Todos os direitos reservados. Desenvolvido por Supera Web X